Pão para Hambúrguer sem Glúten, sem Leite, sem ovo!

Bata no liquidificador 1/2 xícara de linhaça (dourada ou marrom) até virar uma farinha (75 g). Coloque de molho em 2 1/2 xícaras de água bem quente por 20 minutos (550 g). Esse gel de linhaça substituirá os ovos.
Meça e peneire os ingredientes secos:
2 xícaras de farinha de arroz branca ou integral (250 g)
3/4 xícara de fécula de batata ou amido de milho (75 g)
3/4 xícara de polvilho azedo (85 g)
3 colheres de sopa de açúcar demerara (35 g)
1 1/2 colher (chá) de sal (6 g)
2 colheres de chá de goma xantana (4 g)
1 1/2 colher (sopa) de fermento biológico seco instantâneo (15 g)

Faça um buraco no meio e coloque os líquidos:

 

3 colheres (sopa) de óleo (35 g)
1 colher (sopa) de vinagre (12 g)
A linhaça que estava de molho

Bata bem com a batedeira com o batedor tipo gancho. Deixe a massa crescer por 20 minutos (coberta com pano) ou até que esteja bem crescida. Abaixe a massa com as mãos e faça 9 pãezinhos. Se você usar luvas de vinil e passar óleo, ficará mais fácil para modelar os pãezinhos. Eu coloquei os pãezinhos numa assadeira de 40 cm de diâmetro, mas pode usar uma de 35 cm que dá certo. Pincele com água e salpique gergelim branco com casca por cima. Deixe crescer por mais 20 minutos. Leve para assar em forno preaquecido por 45 minutos em forno bem quente (250 a 280 graus). Se gostar mais branquinhos os pães, retire antes. Agora, é só rechear do jeito que você mais gosta! Humm!…

Assista ao vídeo e aprenda a fazer hambúrguer vegano!

Pizza na Pedra sem Glúten

Massa fininha e crocante, você vai amar essa receita! Levei quase 2o anos para chegar a esse resultado. Comecei a criar minhas receitas no ano 2.000 e só nesse ano, 2.019, é que fiquei contente com o resultado de minhas pesquisas. E pode ser feita no forno a gás, no forno elétrico ou até mesmo na frigideira. De todas as maneiras fica gostosa, mas na pedra, no forno a lenha, fica maravilhosa! Convidei minha família para gravar esse vídeo, porque todos amam pizza. A cobertura fica a seu critério: com queijo de vaca, de búfala, de ovelha, ou vegano. Recheios você pode variar às dezenas. Doce também fica muito gostosa.

Anotei os ingredientes em gramas e em xícaras, caso você não tenha uma boa balança digital. Os valores são aproximados. No vídeo, fiz 4 vezes essa receita.

 

Ingredientes da massa:

 

250 g de farinha de arroz – 1 3/4 xícara
70 g de farinha de sarraceno – 1/2 xícara
80 g de fécula de batata – 3/4 xícara
15 g de psyllium – 3 colheres de sopa
20 g de flocos de amaranto – 3 colheres de sopa
8 g de fermento – 1 colher de sopa
4 g de sal marinho – 1 colher de chá
6 g de goma xantana – 2 colheres de chá
180 g de ovos – 3 ovos grandes ou 4 pequenos
60 ml de óleo – 1/4 xícara
150 g de água morna – 3/4 xícara

Você pode substituir a farinha de sarraceno por 40 g de polvilho doce (1/3 de xícara) e 30 g de polvilho azedo (1/4 de xícara). Também dá certo e fica um pouco mais crocante.Peneire os ingredientes secos, faça um buraco no meio e acrescente os líquidos. Amasse bem e deixe fermentar por 8 horas em saco plástico fechado. Abra a massa com farinha especial sem glúten (receita do meu primeiro vídeo) ou farinha de sarraceno. Pré-asse a massa, coloque molho, queijo muzarela e recheio a gosto. Fica divina!

 

Molho ao sugo:

Leve para cozinhar:

1 kg de tomates italianos bem maduros
1 cebola média
1 xícara de água
1 punhado de manjericão fresco

 

Adicione 1/2 colher (chá) sal no liquidificador, depois que os tomates estiverem cozidos. Bata bem e passe por uma peneira grossa. Pode acrescentar 1 colher (chá) de açúcar para diminuir a acidez dos tomates.

Assista o vídeo, quem sabe você se anima a abrir uma pizzaria sem glúten…