Fatias Húngaras Veganas

Minha mãe gostava muito de fazer esse pão doce. Ela fazia em forma redonda com buraco no meio e chamava Rosca de Coco. Hoje é conhecido como Fatias Húngaras. Não encontrei a origem desse pão, não me parece que veio da Hungria. Mas, se você conhece a receita original, pode escrever para mim que ficarei bem contente. Não é uma receita complexa, mas precisa ser feita com carinho. Vale a pena todo o cuidado. Confira!

Meça e reserve:

2 xícaras de Farinha especial sem glúten Chef Sandra (280 g)

Confira o primeiro vídeo do Canal Chef Sandra Maciel, MIX DE FARINHAS SEM GLÚTEN
1/2 xícara de açúcar cristal (100 g)
1/2 colher de chá de sal (2 g)
2 colheres (sopa) de fermento biológico seco instantâneo (20 g)

Coloque em uma panela e cozinhe por alguns minutos, mexendo sempre:

1/2 xícara de polvilho doce (50 g)

1 1/4 xícara de água fria (275 g)

Coloque o mingau quente ainda sobre os ingredientes secos e acrescente 1/4 xícara de óleo (32 g)

Amasse bem até incorporar toda a farinha ao mingau e ao óleo. Sove até a massa ficar uniforme.
Deixe crescer por 1 hora em local protegido do vento.

Faça o recheio (é só misturar bem):

100 g de coco ralado fino
1/2 xícara de açúcar demerara (90 g )
100 ml de leite de coco

Abra a massa com auxílio do rolo em superfície bem enfarinhada com farinha especial sem glúten. Aproximadamente 30×40 cm. Recheie e enrole. Corte em 12 fatias e coloque na forma para crescer novamente  em assadeira untada com óleo e enfarinhada com farinha de arroz. Quando estiverem bem crescidas, leve para assar em forno preaquecido por 10 minutos. Aproximadamente 40 minutos a 230 graus. Faça uma calda, e quando retirar do forno, molhe os pãezinhos com a calda e salpique coco por cima. Ficam divinas!

Calda (opcional):

1/4 xícara de açúcar branco
1/3 xícara de água

Assista ao vídeo passo-a-passo:
https://www.youtube.com/watch?v=-YZ5hncosNE&t=2s

Pão Doce de Canela (Cinnamon Rolls vegano sem glúten)

Esse pãozinho doce de canela dá um pouquinho mais de trabalho para fazer, mas eu garanto que vale a pena! Confira a receita e assista ao vídeo para não perder nenhum detalhe.

Em uma panela, dissolva em água fria e depois cozinhe por alguns minutos:

2/3 xícara de polvilho azedo (80 g) com 1 1/2 xícara de água (330 g)

Coloque em uma vasilha.

Bata no liquidificador:

1/2 xícara de castanha de caju (65 g)
2/3 xícara de açúcar demerara (120 g)

Coloque a farinha obtida no liquidificador sobre o mingau de polvilho azedo. Acrescente:

2 xícaras de Farinha Especial Chef Sandra (280 g)

Assista ao primeiro vídeo do meu canal.
https://www.youtube.com/watch?v=74H6pyqr0n4&t=48s
E mais:
1/4 xícara de óleo de girassol (32 g)
1/2 colher de chá de sal (2 g)
2 colheres (sopa) de fermento biológico seco instantâneo (20 g)Sove bem e deixe crescendo durante 1 hora.
Misture bem os ingredientes do recheio:
3 colheres (sopa) de óleo de girassol
2/3 xícara de açúcar mascavo (100 g)
2 colheres de sopa de canela (10 g)
Abra a massa em superfície bem enfarinhada com farinha especial. Não precisa sovar. Espalhe bem o recheio sobre a massa, enrole e corte e 12 fatias. Leve para crescer em forma untada com óleo e enfarinhada com farinha de arroz por aproximadamente 1 hora. Preaqueça o forno por 10 minutos a 230 graus. Asse durante cerca de 25 minutos ou até ficarem dourados. Pronto! Fica uma delícia!
https://www.youtube.com/watch?v=FMIi-Xg4T-E